Um pouco de música

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Sim, eu sei, o outro post já foi bem musical, mas dessa vez vou ser mais geral. É fato sabido (ou ao menos devia ser) de que eu não vivo sem música. Até acho que cheguei a comentar aqui que tava passando roupa de manhã pra poder ouvir música no pc. Bem, as coisas mudaram, agora uso minha manhã pra vegetar e passo roupa de tarde. 

O que se passou foi que resolvi ligar a tv que tem no meu quarto e descobri que posso ouvir rádio nela. Entre mil emissoras descobri a SWR1 Baden-Württemberg (na parte de tv, o que descobri é que no domingo posso ver MacGyver dublado em alemão, além de Dragon Ball) que me chamou atenção ao tocar músicas clássicas (no sentido de sucessos de várias épocas), mas me ganhou ao tocar Pilot, uma banda que eu achei que só eu ainda lembrasse da existência. Conheci a banda através da adorada Canada, mas a que tocou na SWR1 foi:



Então eu tive que encontrá-la no meu celular, o que me possibilita ouvir, com fones de ouvido, enquanto passo roupa (cozinho, levo/busco os guris na escola...). A maior parte das músicas é em inglês, mas de tempos em tempos tem noticiário e tagarelação, além dos comerciais, que me possibilitam ter a desculpa de que estou ouvindo para melhorar meu alemão (o que não deixa de ser verdade). 

Essa semana descobri que eles tem uma temática semanal. Ou melhor, entendi. Semana passada eles ficavam falando em França e Alemanha o tempo todo e eu não entendia porquê. Na verdade, era a temática da semana, músicas que relacionassem os dois países. Claro que isso não se aplica a toda a programação, mas são blocos especiais feitos durante o dia, em que eles falam um pouco da história e tal (ou seja, musicalmente educativo). E eis que nessa temática de amor entre franceses e alemães descubro a seguinte preciosidade (que me fez lembrar do meu pai e sua mania de falar "baguete" quando tem que lembrar um nome feminino terminado em -ete e não consegue):



Vai dizer que não é legal? Meu conhecimento de francês é quase que nem o desse cara. Mas enfim, essa semana, por exemplo, o tema é os 30 anos de lançamento do álbum Thriller, do Michael Jackson. Olha, se não fosse pela SWR1 acho que eu nunca descobriria que o solo de guitarra de Beat It é do Eddie Van Halen. (E me deixaram com vontade de ir naquela linda loja de CDs e comprar o CD Thriller que vi à venda) Ah, não vamos deixar de ouvir, claro, afinal esse álbum do MJ e seus clipes mudaram o mundo.



Mas olha, descoberta mesmo foi essa: Like A Rolling Stone, clássico do Bob Dylan, em alemão. Quando é que eu ia descobrir um negócio desses? (Só a primeira parte, depois vem outra música que eu desconheço, tal como a banda.)



Aí falando em música, andei esses dias com a camiseta do Elvis e dois dos guris me pediram quem era e disseram desconhecê-lo. Fiquei chocada. Até que assimilei que eles têm 5 e 7 anos e que devo me dedicar a apresentá-los o belo mundo musical. Mostrei pra eles o clipe de Jailhouse Rock e eles gostaram, passou meu susto. Porém o bonito da semana foi eu ouvindo Bowie e eles gostando. Então o último vídeo é da música que os guris adoraram:



Mas obviamente que não larguei de mão minha nóia natural pela música gaúcha. Além de vez por outra escutar a Rádio Bah (aliás, um dia eu tava ouvindo, os guris invadiram meu quarto e tava tocando Bidê ou Balde, tinha que ver que bonito eles tentando cantar as meiguices de Bidê), às vezes me acontece de sair cantando música tradicionalista gaúcha. A última foi Andarengo, do José Mendes (que o meu cérebro acabou misturando com Brasileiro, meu irmão, também dele).

Enfim, encerro por aqui. Ah, ok, não vou resistir, eis uns versos do Zé Mendes que combinam com esse blog de viagem:

Andei, andei, andei, andei por este mundo andei
Quis ver as coisas do mundo
Procurar quem eu não sei
Só vi o mundo mudando, quem sabe se eu mudarei?

Agora sim, calei-me. 

Bis bald! 

2 comentários:

Alê Lemos disse...

Eu ía morrer sem saber que o Van Halen fez o solo de beat it. É uma boa parceria.

Anderson Kravczyk disse...

bah, muito bom ese post. Aliás, é a primeira vez na vida acho, q leio um post sobre música. Pra mim música sempre foi para se ouvir, não para ler. (Mas isso é algo q to mudando, deixando minhas concepções babacósmiscas de lado e descobrindo que o mundo é bem maior que meu quarto o/)

Mas curti mesmo as músicas :)

Só não entendi pq o link de Jailhouse Rock cai no site da visate .... hehhe